quinta-feira, 31 de maio de 2012

Era uma vez... Vila Mendo

Vila Mendo tem 150 habitantes; muitos são jovens. Vários naturais e descendentes estão a regressar, aos poucos. Fruto de investimento privado, o turismo rural marca o ritmo da aldeia durante todo o ano. Portugueses e estrangeiros dão vida à nossa terra participando, principalmente, nas tarefas agrícolas de alguns residentes que têm ajuda nos seus afazeres e ainda recebem uma compensação por isso. Naturais e forasteiros vivem numa troca de experiências extremamente enriquecedoras para ambas as partes. Existe já uma fábrica que produz os mais variados produtos característicos da região, empregando mais de trinta pessoas. Neste momento, na aldeia, existem mais de cinquenta empregos. Em pouco tempo serão muitos mais. Decorrente de todo o investimento privado, as autoridades públicas apressaram-se a colocar o saneamento básico e a canalização de água da rede. As ruas estão todas calcetadas e arranjadas e já está pronta a nova estrada para Vila Fernando. Todas as casas velhas estão recuperadas e aquelas que eram de cimento estão revestidas com pedra. O campo de futebol na Balsa está completamente requalificado e a sede da Associação, na antiga escola, está um encanto.  Um arquitecto famoso projectou e reconstruiu  a capela. Como está linda a nossa terra! A associação está quase a inaugurar um centro/escola de artes performativas que vai ter a colaboração estreita do Teatro Municipal da Guarda e de outras colectividades como o Aquilo Teatro. Para breve está o lançamento de um projecto com um novo conceito de lar para idosos... 
Trim! Trim!Trim! - O que foi?!. O que foi?!. - F***! Era só um sonho... lindo... 
A realidade é dura... DEIXEM-ME SONHAR... VILA MENDO...     

1 comentário:

Paulo Marcos disse...

Gostei muito. Mais que sonhar, vamos narrar o nosso sonho para que todos saibam...