segunda-feira, 2 de maio de 2016

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Olhares de Vila Mendo


                                        Fotografia de Júlio Pissarra

sexta-feira, 22 de abril de 2016

A lareira

A lareira, a chaminé, a lenha, os cavacos, as giestas, as brasas, o calor. Os momentos. Os pensamentos… silenciosos… falados… realizados… inusitados…
O lume… símbolo da vida… chama eterna… que nos aquece… o coração. Ao seu redor, olhares cúmplices cruzam-se em conversas demoradas, compassadas, ardentes por vezes, como o ardor do lume que arde vagarosamente.
Noites frias convidam ao recanto da casa, ao recanto da cozinha. O lume. A lareira. Um canto, um espaço pequeno transformado na centralidade da casa, da família, da vida… Ali traçam-se planos para o amanhã, alcovita-se o ontem, entrelaçam-se sonhos de um futuro maior… sugere-se, debate-se, refila-se, silencia-se.
Olhares quietos perdem-se na finitude das chamas que teimam em consumir os últimos resquícios de um pau moribundo.
Olhares melancólicos deixam-se adormecer na imensidão das brasas incandescentes e… sonha-se um mundo… o mundo. Respira-se um tempo; respira-se o tempo… único, irrepetível, intransmissível…
                                                                                              Luís Filipe Soares

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Momentos

Zé Vieira; "Mac"; Júlio; Victor; Zeca

segunda-feira, 18 de abril de 2016

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Tributo- por Júlio Pissarra

Os homens não se medem aos palmos muito menos por aquilo que têm mas sim pelo que são, pelas atitudes que tomam, através dos exemplos que dão ou pelos belos momentos que proporcionam.
Uma refrescante pescaria no rio Côa, divertidos dias na Praia de Monte Gordo, animadas tardes de tertúlia no dia da Matança do Porco onde, com o seu subtil sentido de humor, mostrava a sua arte como contador de estórias, simples mas saborosos lanches em sua casa, pequenos gestos que demonstravam a amizade que tinha pelos meus pais ou o carinho com que presenteava a sua sobrinha Joana são apenas alguns dos muitos e inesquecíveis momentos e gestos aos quais tive o prazer de assistir protagonizados pelo meu Tio António Vicente.
Mas acima de tudo, meu Tio, era um homem honesto, sério, simpático, generoso e com um saber estar digno de realce!
Por isto e muito mais o seu desaparecimento físico é apenas um pormenor pois quem nos proporciona tanto e tão bom permanecerá, até que Deus assim o deseje, vivo e bem presente dentro de nós!
O meu Tio “Tó” Vicente é, DE FACTO, um Grande Homem!
                                                                  Júlio Manuel Antunes Pissarra

segunda-feira, 11 de abril de 2016

terça-feira, 5 de abril de 2016

Coisas da Vida

António Ladeiro Vicente faleceu dia 03 de Abril aos 81 anos. Natural de Miuzela do Côa, era casado em Vila Mendo com Emília de Jesus ( tia do Júlio Pissarra). Aos filhos, José Antunes Vicente e Paulo Antunes Vicente, e demais família os nossos pêsames.

sexta-feira, 1 de abril de 2016

quarta-feira, 23 de março de 2016

Pequenas notas soltas

Vila Mendo!  Sente-se a falta... das pessoas... dos momentos... dos silêncios: pessoais... transmissíveis...

quarta-feira, 16 de março de 2016

Momentos

O fulgor da Juventude... em Vila Mendo...

sexta-feira, 11 de março de 2016

quarta-feira, 9 de março de 2016

segunda-feira, 7 de março de 2016

Vendedores ambulantes

 Frutaria Martins
Sra Rosária e Sra. Helena
Graça, Zé Albino e Cristina

sexta-feira, 4 de março de 2016

quarta-feira, 2 de março de 2016

Momentos

 Ricardo e Élio.
 Na pista de motocross que andam a criar na Avenida Motard

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Rio Noéme

Na Rádio Altitude, no programa "Quarto Poder", o Tiago Gonçalves e o Esmeraldo Carvalhinho falaram sobre a  eterna questão da poluição do Rio Noéme. Poder ser ouvido AQUI , entre os minutos 1:06:15 e 1:35:16.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Cozinheiros

Os cozinheiros de Vila Mendo, ao centro- Júlio Pissarra; Mário Maria; Luís Costa- ladeados pelo Vereador da Cultura e pelo Vice-Presidente da Câmara da Guarda

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Momentos

Manuel Corte e Prof. Aires Antunes Diniz
(em primeiro plano)

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Momentos

Sr. Manuel André; Sr. Fino; Sr. Zé "Albino"

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Reportagem Rádio Altitude- Matança do Porco em Vila Mendo

A Rádio Altitude fez uma reportagem, no programa "Casa da Rádio" sobre a a Matança do Porco (Festa do Chichorro). Vale a pena ouvir em www.altitude.fm e no endereço seguinte: https://soundcloud.com/altitudefm/casa-da-radio-05-fev-2016-matanca-do-porco É só carregar.
Já agora, na mesma rádio, no programa "Fórum Altitude" da pretérita quarta-feira, falou-se acerca do Julgamento do Galo no carnaval da Guarda e das tradições associadas nesta altura nas comunidades rurais, nomeadamente em Vila Mendo. À conversa, eu o Acácio Pereira, o José Rui (Director artístico do espectáculo) e o Tiago Pereira (Director musical). Pode ser ouvido AQUI

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Momentos- Festa do Chichorro

Rui Isidro- Director da Rádio Altitude e o Deputado Santinho Pacheco
 Acácio Pereira e Sérgio Costa- Vereador da Câmara da Guarda
 Neca; Mário Maria; Victor Amaral- Vereador da Cultura; Alcides; Armando Neves- Director executivo da FDAJG
Chaves Monteiro- Vice-Presidente da Câmara da Guarda

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Festa do Chichorro

Os derradeiros momentos
 Feitura das Morcelas (Sra. Ana Maria, Sra. Rosária)

 Grupo de Cavaquinhos dos Trinta
 Almoço
 Os "mordomos" 2017 (Nuno e Tiago) com os de 2016(Carlos e Neca)
 Feitura dos Chichorros
 Morcelas
 No Adão- à noite...


sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Festa do Chichorro

Desde tempos imemoriais que o porco assume um papel de primeiro relevo na alimentação e, por consequência, na economia das comunidades rurais, pelas inúmeras possibilidades na feitura dos mais diversos tipos de alimentos, tão importantes ao longo do ano na sobrevivência das famílias. O porco tinha até uma importância capital na teia das relações sociais e nas dinâmicas comunitárias uma vez que, não raras vezes, servia para, de forma silenciosamente ruidosa, estabelecer ou (re)afirmar o estatuto de abastança, logo o estatuto social. Os fluxos migratórios das décadas de 60/70 e inerentemente o contacto com hábitos culturais diferentes, bem como a electrificação das aldeias (Fevereiro de 1979) fizeram com que os hábitos alimentares mudassem sobremaneira. Deste modo a importância do porco na alimentação e nas dinâmicas comunitárias foi gradualmente perdendo visibilidade e, até, viabilidade.
De forma a resgatar esta prática ancestral, a ACR Vila Mendo tem, de há vários anos a esta parte, promovido a Matança do Porco. Nos últimos anos contamos com a particularidade de darmos, em todo o processo, maior ênfase a uma “iguaria” que era feita em todas as matanças: o Chichorro.
Havia duas qualidades: o do coiro, que era constituído, basicamente, pela carne entremeada cortada em pequenos pedaços e o do “Redanho”. Este apenas era constituído pela gordura existente nas massas gordas do animal.
A sua confeção era simples. A carne era introduzida em panelas de ferro diferentes e aí fritos na própria gordura que libertavam. Apenas lhes era acrescentado sal grosso a fim de realçar o seu sabor. Depois de já confecionados, eram então exprimidos para que o excesso de gordura fosse libertado. Depois de arrefecerem eram comidos com uma fatia de bom pão centeio e um melhor copo(s) de vinho tinto. Este constituía um simples mas muito apreciado petisco nesses dias intensos de azáfama mas também de convívio.
Além do Chichorro, este ano damos também importância a outra iguaria: a Morcela. Com a ajuda das gentes mais antigas, vamos encher as morcelas, um dos enchidos mais populares da nossa região.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Resultados eleições Presidenciais- Freguesia de Vila Fernando

Marcelo Rebelo de Sousa- 148 votos; Sampaio da Nóvoa- 25 votos; Marisa Matias- 16; Vitorino Silva-6; Henrique Neto- 2; Maria de Belém-2; Edgar Silva-1; Paulo Morais-1; Cândido Ferreira- 0; Paulo Sequeira- 0; Brancos- 3; Nulos- 4
208 votantes- 523 inscritos 

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016