sexta-feira, 29 de julho de 2016

Momentos


Manuel Joaquim e Jorge Cavaleiro

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Gentes de Cá

Sra. Laurentina; Sra. Adoração; Sra. Ana Maria; Sra. Rosária

sexta-feira, 22 de julho de 2016

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Gentes de Cá

"Ti" Dionaldo, Zé "Valentim" (já falecidos) e o Pereira.
Esta fotografia, tirada pelo Mário Maria, deve ter à volta de 10 anos.

quinta-feira, 14 de julho de 2016

terça-feira, 12 de julho de 2016

sábado, 9 de julho de 2016

Força portugal

Amanhã, Vila Mendo está com a nossa selecção. Força Portugal.

sexta-feira, 8 de julho de 2016

terça-feira, 5 de julho de 2016

segunda-feira, 4 de julho de 2016

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Lançamento de livro- Padre Ângelo Martins

Dia 2 de Julho na Castanheira, pelas 15h, vai ser lançado o livro do nosso Pároco, Pr. Ângelo Martins, intitulado: "Acredite: A Vida é uma Sinfonia Perfeita". O prefácio é do Bispo da Guarda e a apresentação do Pr. António Lagos, director das Obras Missionárias Pontifícias A edição é da Editorial Planeta com o apoio da Livraria Jardim. Um livro com pensamentos, apontamentos, reflexões, desabafos... de um padre... que faz também 10 anos de ordenação sacerdotal.

terça-feira, 28 de junho de 2016

Sardinhada



 Emoções fortes no jogo Portugal/Croácia

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Soldados do Ultramar

Ismael Soares e Joaquim Martins (natural do Rochoso)
Ambos fizeram parte da mesma Companhia e lutaram na Guerra Colonial de 1961 a 1963 em Angola.
Um dia destes, faremos um trabalho de recolha das suas experiências na guerra.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Momentos

Arlete Conde; Graça Soares; Amélia Gonçalves

terça-feira, 21 de junho de 2016

segunda-feira, 20 de junho de 2016

quarta-feira, 15 de junho de 2016

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Caminhada do "Tri"

 Uma parte do grupo no final
 Um jogo de futebol improvisado

quinta-feira, 9 de junho de 2016

terça-feira, 7 de junho de 2016

Afazeres agrícolas

Zé Albino
Depois das batatas serem semeadas, ou melhor, plantadas, é hora de a terra ser gradeada.

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Seminário do Fundão- centenário

No pretérito sábado, dia 28 de Maio, celebrou-se no Seminário do Fundão o centenário da sua fundação. Atarefado dia que começou com a recepção aos presentes, continuou com a Assembleia Geral anual dos Antigos Alunos antes da Eucaristia presidida pelo actual Bispo da Guarda e pelo anterior, D. António dos Santos. O merecido repasto antecedeu a inauguração do Museu (ainda em “construção”) do Seminário, culminando com a sessão solene dessas mesmas comemorações. Um dia marcado também pelo lançamento do livro “ Centenário Seminário do Fundão” em que tive a honra de colaborar. A apresentação é de Manuel Pereira de Matos com textos de: António dos Santos Pereira; João Mendes Rosa; João baldo; António Agostinho Homem; Francisco Pereira Barbeira; João Baldo; Manuel Pereira de Matos; António Agostinho Homem; Pe. Álvaro Terreiro; Pe. Bernardo Terreiro; João Fatela; Joaquim esteves Saloio; Joaquim José Tenreira Martins; José Barata; José Maria Mendes; Luís Filipe Gonçalves Soares; António Lourenço Marques; Jerónimo Monteiro; J. M. Monteiro. No final um registo fotográfico e um Memorial Onomástico com os alunos que passaram pelo Seminário desde 1915 até 2012, data dos últimas matriculas.
Como curiosidade, deixo aqui os nomes e os anos em que ingressaram no Fundão (e destes, vários houve que ingressaram também no Seminário da Guarda, como foi o meu caso) os originários de Vila Mendo e da Freguesia de Vila Fernando.

Vila Mendo: Manuel da Silva Gonçalves- 1969; Ismael terras Gonçalves- 1971; Rui de Jesus Silva- 1971; António Júlio da Corte Gonçalves- 1974; José Manuel da corte Gonçalves- 1975; Luís Filipe Gonçalves Soares- 1989. Vila Fernando: Joaquim Augusto Janela- 1915; José Pereira da silva- 1916; David Martins Pereira- 1918; José Gonçalves Carreira- 1935; José Agostinho pereira Martins- 1936; José Soares Calçada- 1938; José Joaquim Corte- 1940; José Júlio Pereira de Almeida- 1943; Júlio Mendes Gonçalves Pereira- 1949; Luís Manuel Martins Rebelo- 1957; Manuel Marques Martins Fernandes- 1960; Raúl Martins Fernando Rebelo- 1965; Eduardo Gonçalves Torre Martins- 1966; Marco Joaquim Terras da Silva- 1990; Bruno Filipe Rodrigues Pina Monteiro- 1991; Filipe Pina Tomé Monteiro- 1993; César Manuel Silva Vaz- 1996; Rui Miguel da Silva Marques 1998; Jorge Alexandre Azevedo Fernandes- 2004.
Se omiti algum ex-seminarista, as minhas desculpas.

terça-feira, 31 de maio de 2016

quinta-feira, 26 de maio de 2016

quarta-feira, 25 de maio de 2016

sexta-feira, 20 de maio de 2016

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Spot Vila Mendo 2016

Pode ouvir- se AQUI o spot de rádio que a passa na Rádio Motard FM, sobre o XII Encontro Motard, e por ela produzido.

terça-feira, 17 de maio de 2016

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Encontro(s) Motard- por Telmo Conde

Para muitos este evento começou por ser uma utopia! Condenado ao fracasso....para mim, para a Associação, e para muitos dos que estão a ler, não!
Agradeço desde já aos elementos da ACR (que me permitem) que daqui a 20 dias comece já a planear o XIII Encontro. Obrigado!
A responsabilidade aumenta, falo, ou melhor escrevo, em nome de 50 ou 60 pessoas.... os naturais e residentes nesta humilde aldeia! Sim, são estes que têm o dom e a sabedoria de receber, acolher e dar! Não é porque Vila Mendo é o centro do mundo, ou porque tem muitas motos, ou porque é bem pavimentada que, ano após ano, melhora e cresce, mas sim porque é especial, e em Maio, pelo menos, a romaria acontece... A arte de bem receber, tratar e cuidar é, a meu ver, o fator primordial para que o XIII Encontro Motard tenha lugar em Vila Mendo! Comparo sempre com o ano anterior, e apercebo-me que há sempre mudanças... E surge nesta fase uma questão pertinente... até quando ??!! Sim, esta questão merece toda a atenção e teima em pairar no ar... Há, por aqui, alguns elementos das camadas jovens que juram a pés juntos que gostam de motos... Não duvido...mas gostar só, não chega! Sacrifício, associativismo, camaradagem, partilha são coordenadas que nos trazem de pé e assim traçam o destino desta atividade promovida pela Associação Vila Mendo! Criticar é fácil, fazer nem por isso; errar é para alguns, os que fazem! O texto vai longo, mas muito curto para vos poder transmitir o que de facto é sentir e acima de tudo respeitar Vila Mendo e todos aqueles que, ano após ano, voltam... insistem e fazem história!
Em prol da Amizade prometemos voltar em 2017.
Boas curvas e nunca se esqueçam.
Máxima Liberdade. Máxima Responsabilidade.
                                                                                    Telmo Conde

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Gentes de Cá

Afonso; Sra. Ana Maria; Sra. Rosária

segunda-feira, 2 de maio de 2016

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Olhares de Vila Mendo


                                        Fotografia de Júlio Pissarra