quinta-feira, 22 de março de 2018

A Forja

O que resta do sítio onde o Sr. Zé Monteiro, marido da Sra. Maria Ruas, tinha a forja onde forjava os mais diversos utensílios para as labutas agrícolas; num tempo em que as artes manuais eram preponderantes na dura peleja pela (sobre)vivência dos dias desapiedados, mas, talvez e por isso, quiçá... jucundos. 

1 comentário:

GEORGE CLOONEY disse...

It is by forging that one becomes a blacksmith